Operação Hefesto prende suspeitos de incêndio a caminhão tanque em Espigão do Oeste

0 97

Na manhã desta terça-feira (13), sete pessoas foram pressas e cinco armas de fogo apreendidas na “Operação Hefesto”.  Ação coordenada pela Delegacia de Polícia Civil de Espigão do Oeste (RO) e o 4º Batalhão da Polícia Militar tem por objetivo localizar e prender os envolvidos com o incêndio de um caminhão de combustível pertencente a uma empresa privada, ocorrido no dia 4 de julho deste ano no Distrito de Boa Vista do Pacarana em Espigão do Oeste.

De acordo com a PM várias cautelares deferidas pelo Poder Judiciário em desfavor de suspeitos de práticas delitivas relacionadas ao incêndio foram cumpridas.  Dentre ações desenvolvidas na Operação, estão Prisões Preventivas e Mandados de Busca e Apreensão Domiciliar. Nas apreensões, além das armas, foram localizadas munições, motosserras e outras ferramentas.

Ainda de acordo com a PM, os mandados foram cumpridos concomitantemente em três municípios e zonas rurais respectivas, com participação direta e indiretamente de aproximadamente 100 policiais civis e militares. O comando da Operação informou que irá marcar uma coletiva de imprensa para esclarecer todos os passos e os resultados do trabalho.

 O incêndio

No dia 4 de julho um caminhão-tanque que levava combustível para abastecer helicópteros do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama) pegou fogo próximo a Reserva Roosevelt, em Espigão do Oeste. O caso ganhou grande repercussão na mídia nacional, tanto que o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, visitou a cidade no dia 17 de julho e se reuniu com madeiros para ouvir as reivindicações da categoria.

Fonte: Tribuna Popular – Foto: Divulgação 4º BPM

Loading...