Nova coveira de Vilhena tem curso superior em gestão pública, está concluindo pós-graduação e sonha ser policial

0 167
“Quero ser policial, e vou estudar até passar no concurso para esta função”

Nos próximos dias, quem for ao cemitério Cristo Rei, em Vilhena, para sepultar algum amigo ao parente, vai dar de cara com uma surpresa agradável num momento triste: a nova coveira do local, aprovada em primeiro lugar no concurso realizado recentemente pela prefeitura. Linda e extremamente comunicativa.

Atualmente trabalhando como frentista, a jovem Shuellem Ferreira da Silva, 25 anos, solteira, é super simpática, mas impressiona ainda mais por outra virtude: tem curso superior em gestão pública e está concluindo a pós-graduação na área. “Só falta eu entregar um artigo”, conta.

Sobre a troca da iniciativa privada pelo serviço público, a garota estudiosa explica: com os benefícios, que incluem insalubridade, ticket-alimentação e vale-refeição, mais horas extras, o salário chegará a 2 mil reais. “E tem a estabibilidade, que me garante o emprego até eu passar em outro concurso”.

E que ninguém se engane com a aparente fragilidade da nova coveira: ela, que alcançou nota 76 na prova objetiva e deixou 39 concorrentes para trás, também foi aprovada na prova prática. “Eu cavei uma cova rasa, usei roçadeira elétrica, carpi, e limpei um túmulo de adulto. Espero que me chamem logo”, revelou, em entrevista por telefone ao FOLHA DO SUL ON LINE.

Sobre a atividade que vai começar a exercer, Shuellem garante que está preparada: “a estabilidade acaba com qualquer medo. A morte, pra mim, é uma coisa natural”.

A jovem diz que não pretende parar por aí, e revelou que já está batalhando para realizar seu sonho: “quero ser policial, e vou estudar até passar no concurso para esta função”.

Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação

Loading...