Barcelona bate Ji-Paraná por 4 a 2 em sua estreia no Portal da Amazônia

0

O céu estava fechado desde o início da partida e as nuvens negras prenunciava que muita água iria cair do céu. Depois de um primeiro tempo equilibrado, e um segundo acirrado, a chuva forte só caiu depois do apito final, e consagrou a estreia do Barcelona de Vilhena em casa. O Índio do Norte balançou a rede quatro vezes no Portal da Amazônia e o Galo da BR, duas.

As arquibancadas estavam praticamente lotadas. Segundo a Federação, foram registrados 700 pagantes e uma renda líquida de mais de R$ 7 mil. Contudo, a organização da partida contabilizou cerca de 1 mil pessoas de público, em virtude dos convidados e crianças que não são pagantes.

Barcelona e Ji-Paraná (Foto: Barcelona/ Divulgação)

Barcelona e Ji-Paraná (Foto: Barcelona/ Divulgação)

Os atletas mirins da escolinha do Grêmio fizeram o pré-jogo, e depois, as candidatas à musa do Barcelona também se apresentaram no gramado. A Polícia Militar atrasou quatro minutos, e a partida começou. Em um primeiro lance perigoso para o Índio, o meia Fernandinho cobrou uma falta, mas o goleiro Rocha defendeu. Em um rebote, o ala direita Witalo tentou marcar, mas Rocha bateu na bola, que foi para o travessão.

A partida foi disputada, com os dois times tentando abrir o placar. O Barcelona fez mudanças táticas, sem mudar de jogadores, enquanto o Ji-Paraná investiu no ataque. O atacante Cabixi e o volante Nino bateram cabeça com cabeça em uma disputa de bola. Enquanto o jogo ficou paralisado por alguns minutos para atendimento dos jogadores, o técnico do Barcelona, Tiago Batizoco, chamou Edilsinho, Pablo e Xavão para uma conversa rápida.

Retomado o jogo, o lateral direito Pablo, em uma jogada individual, teve a oportunidade de marcar aos 34 minutos, mas o goleiro Clebio estava atento e fez a defesa. Aos 37, o atacante Seba caiu, reclamando de dor e foi substituído por Lambari, que entrou mostrando que queria mudanças no placar.

Aos 39 minutos, em um erro da defesa do Barcelona, Lambari chutou de fora da área, mas Rocha defendeu. No segundo tempo, em uma jogada ensaiada, Cucaú cobrou uma falta, e Tuquinha marcou o primeiro para o time da casa, aos três minutos do primeiro tempo. A partida esquentou com os dois times mostrando mais familiaridade com a partida. Aos 16 minutos, o volante Biano puxou a camisa de Edilsinho e levou cartão amarelo. Edilsinho foi para a cobrança de falta, mas Clebio fez a defesa.

Escolinha do Grêmio fez pré-jogo (Foto: Eliete Marques)

Escolinha do Grêmio fez pré-jogo (Foto: Eliete Marques)

Aos 25 minutos do segundo tempo, o Galo da BR empatou. Em uma jogada pela direita, Lambari recebeu a bola na entrada da pequena área e balançou a rede. No minuto seguinte, Edilsinho alçou a bola por cima da zaga, Tuquinha recebeu, cruzou para Cabixi, que desempatou a partida.

No entanto, a comemoração durou muito pouco, pois aos 28 minutos Lambari cruzou para o atacante Marcio, que finalizou com êxito. Os torcedores estavam apreensivos, mas aos 31 minutos, Cabixi cruzou para Tuquinha, que fez seu segundo gol na partida.

No resultado de 3 a 2, nada estava garantido, pois o Ji-Paraná não parava de atacar. Porém, já no final da partida, Edilsinho sofreu pênalti e fez a cobrança, mudando o placar aos 49 minutos. No final, Barcelona foi aos 6 pontos enquanto o Ji-Paraná continua com 1.

Confira as imagens da rodada

Na primeira rodada o Índio ganhou por 1 a 0 do Ariquemes e o Ji-Paraná empatou em 0 a 0 com o Genus. Na terceira etapa do estadual, o Barcelona enfrenta o Rondoniense, na casa do adversário, e o Galo da BR encara o Real de Ariquemes, no Biancão. Ambas as partidas estão marcadas para acontecer no domingo, 26, às 16h.

Fonte:G1/RO

Partilhe.

Sobre o Autor

Deixe uma resposta