Após 24h, corpos de motoristas são retirados de caminhões que explodiram na BR-364

0 143

Cerca de 24 horas depois de uma colisão entre dois caminhões na BR-364, ocasionando em uma grande explosão, os corpos dos motoristas foram retirados da ferragens carbonizadas. A informação foi repassada pela funerária responsável no fim da tarde desta quarta-feira (24).

Desde a manhã desta quarta, equipes do Corpo de Bombeiros faziam o esfriamento dos veículos para a retirada dos combustíveis e dos corpos. Um dos caminhões transportava tanques de combustível.

Conforme Edgar Braga, comandante da corporação em Cacoal, os trabalhos de esfriamento terminaram na noite desta quarta. A ação contou com a ajuda de um grupo do Departamento de Estradas de Rodagem de Rondônia (DER-RO) e de uma empresa contratada pelos donos da carga. Após a retirada dos corpos, o combustível também foi removido e colocado em outro caminhão.

Segundo a funerária, o corpo do motorista Elson Porto Ferreira, de 45 anos, será levado para Jaru (RO). Já o da outra vítima, Lindomar Dias de Souza, de 44 anos, para Ariquemes. Não há informações sobre velório.

De acordo com os bombeiros, os corpos não foram retirados mais cedo por conta do risco de novas explosões. “Estava com temperatura alta e durante a transferência poderia acontecer incêndio ou até explosão”, explicou Braga.

Desde o momento da colisão, a PRF interditou ambos os lados da pista, o que provou cerca de 15 quilômetros de congestionamento. Até a última atualização desta reportagem, a rodovia não havia sido liberada nos dois sentidos.

De início, a PRF previa que a liberação ocorresse durante a noite, mas o horário não foi definido. Enquanto isso, motoristas continuam passando por uma rota alternativa e outros aguardam a liberação.

Loading...