Acionada pela Aneel bandeira vermelha 2 para consumo no mês de junho

Acionada pela Aneel bandeira vermelha 2 para consumo no mês de junho

Na última sexta-feira (28), a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) declarou que a bandeira vermelha será elevada ao nível 2 em junho. O custo para cada quilowatt-hora kWh utilizado aumentou em R$ 0,06243, tornando a conta de luz mais cara.

Segundo comunicado da Aneel, o mês de maio marcou o início da seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN), com “circunstâncias hidrológicas desfavoráveis”.

O Sistema Meteorológico Nacional emitiu um aviso combinado de emergência hídrica para a área da Bacia do Paraná, que inclui os estados brasileiros de Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Paraná, na sexta-feira.

Os principais reservatórios do SIN iniciarão o mês de junho em níveis mais baixos do que os ideais nesta época do ano, implicando em redução da produção de energia pelas hidrelétricas e aumento da geração de energia pelas termelétricas, elevando o custo de produção.

“Essa situação pressiona os preços associados ao risco hidrológico (GSF) e o preço da energia no mercado de curto prazo (PLD), sendo necessária a ativação da Bandeira Vermelha nível 2.” As duas variáveis que decidem a cor da bandeira a ser acionada são PLD e GSF, conforme edital.

A Aneel criou o sistema de bandeiras tarifárias, que indica o verdadeiro custo da energia produzida. As tonalidades verde, amarelo e vermelho (nos níveis 1 e 2), segundo a agência, transmitem ao cliente se a energia vai custar mais ou menos com base no custo de geração, permitindo que ele se esforce para reduzir o consumo ou aumentar a eficiência . atento

A Aneel oferece conselhos sobre economia de energia em seu site, como tomar banho mais curto, tomar banho com eletricidade quente, deixar a porta da geladeira aberta o tempo que for necessário e não armazenar alimentos quentes dentro e juntar roupas para andar de um lugar a outro. Conecte o equipamento apenas uma vez e desconecte-o sempre que possível.

Fonte: Mixrondonia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *