Aplicação da 2ª dose da CoronaVac está suspensa em pelo menos 4 municípios de Rondônia

Aplicação da 2ª dose da CoronaVac está suspensa em pelo menos 4 municípios de Rondônia

No sábado (1ª), 3.200 doses da CoronaVac chegaram em Rondônia, mas, segundo o governo do estado, esse lote não atenderá as pessoas que precisam tomar a segunda dose da vacina, já que o laboratório deve normalizar a entrega das doses destinadas à aplicação da 2ª dose em até 10 dias.

Sem estoque

A Prefeitura de Porto Velho justificou que não guardou vacinas para aplicação da segunda dose, pois seguiu a recomendação do Ministério da Saúde. Entretanto na segunda-feira (26) o ministro, Marcelo Queiroga, voltou atrás e agora recomenda estocar vacina para garantir a segunda dose da CoronaVac.

“Com essa determinação, Porto Velho não armazenou as vacinas recebidas nos 8°, 9° e 10° lotes, totalizando cerca de 17 mil doses.”, comunicou a prefeitura.

Já em Ariquemes, a Secretaria Municipal de Saúde diz que já entrou em contato com o Ministério da Saúde, que por sua vez garantiu o envio de mais doses da vacina CoronaVac no início da próxima semana.

Intervalo necessário

O intervalo para a aplicação da segunda dose da CoronaVac é de 14 a 28 dias. Segundo o Ministério da Saúde, a suspensão não invalida o efeito da vacina, e a orientação é tomar a segunda dose assim que uma nova remessa chegar.

Vacinação em Rondônia

Mais de 10% da população rondoniense já tomou a 1ª dose da vacina contra a Covid-19. O estado é o antepenúltimo no ranking nacional de vacinação, na frente apenas do Amapá e Roraima.

De acordo com o Painel Covid do Governo de Rondônia, mais de 193 mil pessoas já receberam a primeira dose do imunizante no estado e apenas 81.126 foram contemplados com a 2ª dose.

O painel não aponta quantas pessoas precisam tomar a 2ª dose da CoronaVac no estado.

Fonte: https://noticiageral.com – com informações de  G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *