Barreira sanitária contra Covid é suspensa no aeroporto de Porto Velho

Barreira sanitária contra Covid é suspensa no aeroporto de Porto Velho

No sábado (21), a Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) deu início a uma barreira sanitária no Aeroporto Jorge Teixeira em Porto Velho com o objetivo o de conter a entrada da variante delta do coronavírus no estado. No entanto, a ação durou menos de meia hora.

De acordo com a Agevisa, uma equipe foi orientada a abordar os passageiros que chegavam de outras cidades e estados e convidá-los a realizar o exame PCR para possível diagnóstico da doença.

Porém, cerca de 20 minutos depois que a ação foi iniciada, a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) teria orientado a suspenção. Algumas pessoas chegaram a ser abordadas antes disso, mas nenhuma aceitou realizar o exame, que seria feito no Lacen e levaria em média 20 minutos para ser concluído.

De acordo com a secretaria estadual de saúde (Sesau), o resultado do teste seria enviado para o paciente em 24 horas e o sequenciamento genético, que identifica a presença da variante, em até 15 dias.

A Infraero informou à Rede Amazônica que fará um pronunciamento oficial sobre o caso na segunda-feira (23).

Ação em Vilhena

Barreira sanitária em Vilhena. — Foto: Sesau/Divulgação

Barreira sanitária em Vilhena. — Foto: Sesau/Divulgação

O governo de Rondônia anunciou a instalação das barreiras sanitárias na última quinta-feira (19), após a confirmação de seis casos da variante Delta no Amazonas, estado vizinho.

Segundo Sesau, as ações seriam realizadas no aeroporto de Porto Velho e rodovias de fronteiras. Em Vilhena, a barreira foi instalada em um posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na divisa com o Mato Grosso (MT).

Os passageiros são convidados a passar pela barreira, realizar o teste rápido e, caso positivado, posteriormente realizar o teste que vai analisar se é um caso da variante delta.

Fonte: https://noticiageral.com – com informações de G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *