Bolsonaro pode vir em Rondônia ainda este ano e antes de Lula

Bolsonaro pode vir em Rondônia ainda este ano e antes de Lula

O governador Marcos Rocha informou que já fez o convite ao Presidente da República para participar da solenidade agendada para o dia 30. Bolsonaro prometeu tentar conciliar sua agenda para viabilizar à vinda ao Estado.

HÁ 4 MESES

A última vez que o Presidente esteve em Rondônia foi no dia 7 de maio para a solenidade de inauguração da ponte sobre o Rio Madeira, no distrito de Vista Alegre do Abunã.

LULA

Lembrando que Luís Inácio da Silva, também candidato à presidência, já anunciou em suas redes sociais que pretende visitar Rondônia no mês de dezembro.

MELHOROU

Mais da metade dos homicídios no Brasil ficam sem resposta, de acordo com levantamento inédito realizado pelo Instituto Sou da Paz divulgado nesta quarta-feira, 13.

MELHOROU 2

O indicador de esclarecimento até avançou nos últimos anos, chegando a 44% na pesquisa mais recente, mas só quatro Estados são classificados como tendo alta eficácia na investigação e responsabilização de assassinatos.

CONTROVERSO

Os indicadores estaduais apresentam grande disparidade. No Mato Grosso do Sul, por exemplo, 89% dos crimes dessa natureza são esclarecidos com apresentação de denúncia criminal à Justiça contra o acusado. No Rio, o segundo Estado onde menos se resolve homicídios, a porcentagem é de 14%.

RONDÔNIA

Nosso estado apresentou alta eficácia na solução de crimes. Rondônia é o quarto estado mais eficiente com 74% de identificação dos responsáveis.

MAIORIA

O estudo do Sou da Paz acionou todos os Estados em busca de informações de esclarecimento de homicídios. Dezesseis deles e o Distrito Federal responderam com dados suficientes para a análise.

CRITÉRIOS

A pesquisa leva em consideração assassinatos cometidos em 2018 (ano em que foram registrados mais de 48 mil homicídios dolosos) que tenham sido resolvidos com apresentação de denúncia no mesmo ano ou até o fim de 2019.

LOCAL

Os números desse estudo são impressionantes, assim como a quantidade absurda de crimes em nosso estado, principalmente aqui na capital. É raro ficarmos uma semana sem registro de homicídio.

LOCAL 2

No entanto, devemos considerar o excelente trabalho da Delegacia de Homicídios. Os delegados tem seus méritos, só eu já vi passar mais de 10 por lá, mas a equipe de investigação é primorosa.

LOCAL 3

Até nos casos mais complicados, os agentes conseguem “desenrolar” informações que ajudam na elucidação das mortes violentas. Espero que a Sesdec venha publicamente, pelo menos, elogiar o excelente trabalho das equipes da homicídios.

OBRA

Recebi o livro “Guia Evolutivo Para Quem Sonha Ingressar na Política”, do escritor Dejanir Luiz Haverroth. Quem se interessar pela obra pode mandar e-mail para editoraolyver@gmail.com

Agradeço a gentileza do autor e desejo sucesso com seu trabalho.

VELHOS TEMPOS

Tem um ditado que diz que gostos, amores e cores não se discute. Até pode ser verdade, mas ninguém consegue me convencer que é charmoso uma mulher substituir a sobrancelha original por uma pintada.

A Ministra da Agricultura, Tereza Cristina, deverá participar de um grande evento a ser realizado em Rondônia no próximo dia 30 de outubro, no município de Ji-Paraná. O convite foi feito pelo governador Marcos Rocha.

SEM AFTOSA

A Ministra deverá entregar ao Governador o certificado internacional de Estado Livre da Aftosa sem vacinação, status cujo estado de Rondônia é dos pioneiros.

ACOMPANHAMENTO

O documento é fruto da auditoria semestral que o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) realiza junto aos estados para a manutenção do status.

RECOMPENSA

O Governador destacou que este reconhecimento é um prêmio aos produtores rondonienses pela qualidade e profissionalismo que exercem a atividade pecuária.

COMO DEVE SER

Marcos Rocha pontua: “a manutenção do status Livre de Aftosa é a confirmação de que continuamos no caminho certo, gerando alimento de qualidade para as pessoas, mantendo a economia aquecida e principalmente mantendo e criando novos postos de trabalho”, disse o Governador.

FOCO

O secretário chefe da Casa Civil, Júnior Gonçalves, explica que é importante o Estado ter investimentos continuados no setor para que seja possível garantir o desenvolvimento e o progresso de Rondônia.

EVENTOS PARALELOS

Uma série de atividades está inserida na programação. Entre elas a apresentação dos nomes dos vencedores da 6ª edição do Concafé (evento que valoriza e fomenta a cultura do café em Rondônia).

INCENTIVO

Também serão distribuídas seis milhões de mudas de café aos produtores (o trabalho começa no dia 30 e segue até janeiro do ano que vem), além de 50 mil toneladas de calcário .

REGULARIZAÇÃO

Vai haver ainda a entrega de 3.8 mil títulos, projeto que vem sendo fomentado pelo Governo juntamente com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), responsável pela parte técnica e emissão dos documentos.

Fonte: Cicero Moura / Rondoniaovivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *