Câmara aprova retomada do auxílio emergencial

Câmara aprova retomada do auxílio emergencial

Por 366 votos a favor 127 contra e três abstenções a câmara dos deputados aprovou nesta quinta-feira em segundo turno, o texto-base da proposta de emenda à constituição que viabiliza a retomada do auxílio emergencial.

Essa é a chamada PEC emergencial, também cria mecanismos de contenção dos gastos públicos o texto deverá ser sancionado pelo presidente Jair bolsonaro.

A proposta permite habilitar um limite para gastos fora do teto no valor de 44 milhões de reais para retomar o auxílio emergencial, embora não detalhes se os montantes, o número de parcelas ou quem terá direito a receber o dinheiro.

Tudo isso deverá ser proposto pelo governo, que considera um auxílio médio de R$ 250 reais durante quatro meses, a partir de março.

O beneficio alcancará cerca de 32 milhões de brasileiros, as cifras são inferiores às do ano passado quando o auxílio de 600 reais entre abril e Setembro. e 300reais entre setembro-dezembro e que ajudou os brasileiros e atingiu quase um terço da população. Afp

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *