Cerca de R$ 3 milhões arrecadados no Leilão virtual em Ji-Paraná que arrematou todos os lotes

Cerca de R$ 3 milhões arrecadados no Leilão virtual em Ji-Paraná que arrematou todos os lotes

Com a venda de 1.080 lotes, o primeiro leilão virtual de veículos na região de Ji-Paraná, organizado pelo Governo de Rondônia por meio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RO), arrecadou cerca de R $ 3 milhões. A Comissão Permanente de Preparação do Leilão de Veículos Apreendidos ou Removidos em Ji-Paraná ficou extasiada com o resultado.

O leilão mais recente do estado foi realizado em 2019. Não houve leilão em 2020 em decorrência da pandemia. O sucesso do projeto piloto do leilão virtual foi tão grande que o lance mínimo de motocicletas passou de R $ 300 para R $ 600, com lance máximo de R $ 8.200.

Os veículos leiloados são de Alvorada D’Oeste, Castanheiras, Costa Marques, São Domingos do Guaporé, Ji-Paraná, Mirante da Serra, Nova União, Ouro Preto D’Oeste, Posto Avançado de Nova Londrina, Presidente Médici, Estrela de Rondônia, São Francisco do Guaporé, São Miguel do Guaporé, Seringueiras, Teixeirópolis, Urupá e Vale do Paraíso. Sendo que praticamente todos estavam em bom estado de conservação, preparados para o retorno de circulação nas vias públicas, conforme estabelece o Artigo 328 da Lei 9.503/1997, que institui o Código de Trânsito Brasileiro.

“Mesmo diante dessa situação de pandemia, o resultado do leilão foi positivo. Todos os lotes foram vendidos, e isso é um sucesso significativo para o nosso estado, pois não só desobstrui os pátios do Ciretrans, mas também dá um destino adequado para a venda de veículos restaurados que podem voltar a circular nas ruas ”, disse José Damião Lima de Azevedo, Presidente da Comissão de Preparação do Leilão Permanente de Veículos Apreendidos ou Removidos em Ji-Paraná.

O bom resultado, segundo Everton Esteves, Secretário Executivo Regional da Casa Civil, se deve ao sucesso do Governo de Rondônia. “A transparência na gestão do governador Marcos Rocha e a implantação de medidas de segurança foram fundamentais para o desempenho do leilão. Qualquer real arrecadado ou recuperado por este governo é devolvido ao povo na forma de empregos ou benefícios. Essa confiança foi claramente expressa no leilão”, cocluiu.

O pátio do Posto Avançado em Ji-Paraná será totalmente esvaziado na próxima segunda-feira (24), quando serão retirados os lotes adquiridos. Estarão presentes 2 vans, 18 veículos, 2 ciclomotores, 4 caminhões, 204 motonetas e 850 motocicletas. Devido a anomalias na papelada e em resultado de julgamentos concluídos, a maior parte das viaturas foi recolhida ou retirada, com limites de circulação judicial a mais de 90 dias.

Os recursos arrecadados serão utilizados para cobrir despesas como transporte e hospedagem, taxas de veículos, mão-de-obra, devedores de impostos e titulares de créditos com garantias reais, multas de trânsito, seguro legal de danos pessoais e multas ambientais. Um novo leilão, no mesmo estilo, está previsto para ocorrer em meados de setembro.

Fonte: Mixrondonia com informações de Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *