Com bom desempenho Setor de Alimentos alcança a melhor geração de empregos desde 2011

Com bom desempenho Setor de Alimentos alcança a melhor geração de empregos desde 2011

A produção de alimentos apresentou saldo positivo de 70.721 empregos formais de janeiro a abril de 2021, maior desempenho do setor desde 2011.

Com base no estudo do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia, as estatísticas foram fornecidas em Comunicado Técnico da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

A agricultura inseriu 11.145 novas vagas de emprego em abril, superando março (3.535) deste ano e abril de 2020. (-4.999). De acordo com o Comunicado Técnico da CNA, as regiões Sudeste, Nordeste e Centro-Oeste foram as regiões que mais vagas foram abertas em abril, com o Sudeste na frente com 9.751 novos empregos. Em contrapartida, o Norte e o Sul tiveram uma redução líquida de 26 e 973 vagas, respectivamente.

Com 5.043 vagas abertas, São Paulo lidera a criação de novos cargos na indústria de alimentos. Depois vem a Bahia (3.542), Goiás (1.846) e Minas Gerais (3.542). (1.568).Veja quais foram as atividades agrícolas que tiveram desempenho mais efetivo, com isso contribuíram para esse positivo resultado de abril em aumento de empregos: cultivo de café (4.616), cultivo de cana-de-açúcar (4.456) e criação de bovinos para corte (2.302).

Fonte:Mixrondonia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *