Concurso da Caixa exclusivo para pessoas com deficiência tem vagas para Rondônia

Concurso da Caixa exclusivo para pessoas com deficiência tem vagas para Rondônia

A Caixa Econômica Federal (CEF) abriu um concurso público para técnico bancário exclusivo para pessoas com deficiência. Estão disponíveis 12 vagas para contratação imediata em Rondônia e mais de mil distribuídas entre os demais estados do país. O salário é de R$ 3 mil para jornada de 6 horas diárias e 30 horas semanais.

Segundo o edital, o candidato deve ter nível médio completo. Do total, 20% das vagas serão destinadas aos candidatos autodeclarados pessoas com deficiência/pretos ou pardos.

Para provar a deficiência, o candidato deverá enviar o relatório médico digital, emitido nos últimos 36 meses, em documento PDF digitalmente assinado por certificado digital atestando a espécie e o grau ou nível da deficiência, além das demais especificações que constam no edital.

Entre as atividades do técnico bancário estão: prestar atendimento ao público, realizar negócios e comercializar produtos e serviços; identificar clientes, verificando a autenticidade de documentos, assinaturas e impressões digitais; efetuar atividades administrativas e operações bancárias, utilizando equipamentos e ferramentas tecnológicas; e elaborar, redigir e conferir documentos e correspondências em geral.

Inscrições e provas

A inscrição deve ser feita no período de 10 a 27 de setembro pelo site www.cesgranrio.org.br. A taxa é de R$ 30.

O concurso terá as seguintes etapas:

  • Provas objetivas
  • Prova de redação
  • Aferição da veracidade da autodeclaração prestada por candidatos pretos ou pardos.
  • Análise do Laudo Médico por Equipe Multiprofissional da condição declarada de deficiência.
  • Procedimentos admissionais para comprovação do atendimento aos requisitos e condições necessárias para a contratação e Exames Médicos Admissionais

A aplicação das provas objetivas e de redação será em 31 de outubro.

Veja as vagas disponíveis para os demais estados:

  • Acre: 9;
  • Alagoas: 12;
  • Amazonas: 28;
  • Amapá: 6;
  • Bahia: 50;
  • Ceará: 35;
  • Distrito Federal: 170;
  • Espírito Santo: 10;
  • Goiás: 30;
  • Maranhão: 10;
  • Minas Gerais: 50;
  • Mato Grosso do Sul: 15;
  • Mato Grosso: 20;
  • Pará: 35;
  • Paraíba: 6;
  • Pernambuco: 40;
  • Piauí: 10;
  • Paraná: 35;
  • Rio de Janeiro: 85;
  • Rio Grande do Norte: 10;
  • Roraima: 6;
  • Rio Grande do Sul: 55;
  • Sergipe: 42;
  • Santa Catarina: 6;
  • São Paulo: 207;
  • Tocantins: 18.

Fonte: https://noticiageral.com – com informações de G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *