Crise hídrica preocupa 90% dos empresários, mostra levantamento da CNI

Crise hídrica preocupa 90% dos empresários, mostra levantamento da CNI

A crise hídrica é uma preocupação para 90% dos empresários, mostra um levantamento da Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgado nesta terça-feira (10).

O estudo da CNI foi realizado com 572 empresas entre os dias 25 de junho e 2 de julho. Em detalhe, a pesquisa mostra o seguinte quadro:

  • 49% dos empresários estão muito preocupados;
  • 41% estão pouco preocupados;
  • 8% não estão preocupados; e
  • 1% não sabe

Entre os empresários com algum grau de preocupação, os maiores temores são, de acordo com a CNI, aumento do custo da energia (83%), possibilidade de racionamento de energia (63%) e instabilidade ou interrupções no fornecimento de energia (61%).

Aumento de preço e racionamento

A pesquisa da CNI também aponta que 98% dos empresários consultados acreditam que haverá aumento de preço no custo de energia neste ano.

A maioria dos entrevistados espera ainda por problemas no fornecimento de energia. Segundo o levantamento, 62% consideram que é provável ou certo que haverá racionamento ou restrições de fornecimento de energia em 2021.

Probabilidade de ocorrer racionamento — Foto: Economia G1

Probabilidade de ocorrer racionamento — Foto: Economia G1

“Há uma preocupação clara com o risco de racionamento e do aumento de custo da energia. Isso pode ter impacto na retomada da produção do segmento industrial, em um momento em que a indústria começa a recuperar a sua produtividade”, afirma o especialista em energia da CNI Roberto Wagner Pereira.

Competitividade

Como resultado da crise hídrica, 52% dos empresários dizem que haverá uma queda na competitividade de suas empresas. Segundo a CNI, 39% consideram essa situação provável e 13% dizem que a perda de competitividade ocorrerá com certeza.

Fonte: https://noticiageral.com – com informações de G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *