Dados mostram que homens estão mais propensos a serem infectados pela malária

Dados mostram que homens estão mais propensos a serem infectados pela malária

A malária é uma infecção por protozoário transmitida pela fêmea do mosquito Anopheles, que contém Plasmodium. Só no primeiro semestre de 2021, o município de Porto Velho – RO registrou 2.839 casos de malária.

Dê uma olhada nos seis lugares onde eles tiveram os maiores casos de malária:Bacia Leiteira – 260 casosLinha PA Tiago – 129 casosProjeto Rio Preto – 124 casosDemarcação – 115 casosVista Alegre do Abunã/Vila – 115 casosKM13/ Santa Helena – 104 casos

O Ministério da Saúde disponibiliza essas informações por meio do Data SUS.

Homens entre 30 e 39 anos foram os que mais contraíram malária em Porto Velho, segundo as estatísticas. Os homens representaram 65,86% dos indivíduos afetados pela doença, enquanto as mulheres representaram 34,14% dos casos.

A malária atinge mais os homens do que as mulheres, segundo estudo da Universidade de São Paulo (USP), devido ao aumento da exposição ao mosquito vetor, por frequentar mais regiões de mineração e desmatamento.

Mal-estar, febre, desconforto corporal, perda de apetite, dores nas articulações, cansaço, dor de cabeça e falta de ar são alguns dos sintomas que o público deve estar ciente.

É uma doença curável e geralmente se espalha após as chuvas, quando as circunstâncias para o crescimento do mosquito são ideais.

O médico irá prescrever medicamentos contra a malária com base no diagnóstico. O SUS fornece medicamentos pela rede pública de saúde. Unidades Básicas de Saúde (UBS): Ana Adelaide, UPA Leste e UPA Sul podem oferecer o serviço gratuitamente. Essas empresas estão abertas 24 horas por dia, sete dias por semana.

COMO SE PREVENIR?– Uso de mosquiteiro– Roupas que protejam pernas e braços– Telas em janelas e portas– Uso de repelentes.

Fonte: Mixrondonia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *