De acordo com denúncias prefeita de Guajará-Mirim de 28 anos furou fila da vacina em RO

De acordo com denúncias prefeita de Guajará-Mirim de 28 anos furou fila da vacina em RO

Uma denúncia anônima protocolada no Ministério Público de Guajará-Mirim revelou uma grave suspeita de possível atividade criminosa e desumana por parte da prefeita da cidade, Raíssa Bento (MDB).

O gabinete do procurador-geral da República, Felipe Miguel de Souza, responsável pela investigação, confirmou a denúncia. De acordo com a denúncia, a prefeita pulou a fila de imunização do COVID-19. Ela tem apenas 28 anos e não apresenta comorbidade, segundo as denunciantes, impossibilitando a vacinação neste momento.

Além disso, Raissa Bento teria usado sua influência para agilizar a vacinação do marido, o ex-prefeito Antônio Bento, segundo denúncia anônima do MP de Guajará-Mirim.

Segundo José Bonifácio, assessor do Ministério Público, o procurador Felipe Miguel de Souza não pôde falar diretamente sobre o assunto devido à sua agenda lotada, que incluía varas cíveis, cidadania, DH, PNE, terceira idade, racismo, disputas fundiárias , infância e juventude, visitas a unidades de internação e instituições de acolhimento familiar e institucional, educação, consumo, saúde e fundações.O caso segue sob investigação e pode acarretar em perda de mandato, multa e até prisão.Fonte:Mixrondonia.com com informações do Rondoniaovivo.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *