Deputado Cirone Deiró ressalta importância de a Assembleia Legislativa discutir educação inclusiva nas escolas de Rondônia

Deputado Cirone Deiró ressalta importância de a Assembleia Legislativa discutir educação inclusiva nas escolas de Rondônia

Parlamentar também se solidarizou com vítimas de enchentes em rios de Cacoal e parabenizou empresário por doação de 100 colchões aos atingidos

Na sessão da Assembleia Legislativa desta terça-feira (22), o deputado Cirone Deiró (Podemos) iniciou seu pronunciamento desejando sucesso aos demais parlamentares nas ações legislativas de 2022 e que todos possam ter as melhores decisões ao atenderem as demandas do povo rondoniense e os municípios de todo o estado.

“Também quero externar saudações ao nosso governador, coronel Marcos Rocha, aos seus secretários e que possam fazer, desse ano de 2022, o melhor à população rondoniense, começando pelos servidores aqui do Estado de Rondônia, ao agricultor, a aquela pessoa simples lá do bairro e a qualquer cidadão que possa usufruir de políticas públicas que os beneficiem. Sendo assim, desejo a todos um grande mandato em prol do povo de Rondônia”, reforçou o deputado.

Cirone Deiró também parabenizou a deputada Rosângela Donadon (PDT) sobre a questão comentada pela parlamentar que trata da livre concorrência de empresas que fabricam placas automotivas.

“São realmente abusivos os preços cobrados para os emplacamentos aqui em Rondônia. A diretoria do Detran tem feio um excelente trabalho no órgão, tem procurado ser resolutivo nessas questões antigas do departamento e essa questão das placas é mais um ponto que precisamos resolver aqui no estado, dar outras oportunidades para novas empresas se cadastrarem no Detran e terem chance de também produzirem essas placas. Assim, teremos a livre concorrência, a lei da oferta e da procura. Parabéns deputada Rosângela por trazer esse tema aqui na Casa de Leis”, declarou Deiró.

Em outro momento, o deputado disse se sentir solidário com o povo cacoalense que na última semana sofreu as consequências das enchentes nos rios Tamarupá, Pirarara e Salgadinho, todos localizados na cidade de Cacoal.

“Nós temos um entrave na BR-364, onde a galeria do Rio Pirarara é muito menos do que a capacidade de escoamento quando há uma tromba d’água em Cacoal ou região. Na última sexta-feira, várias famílias foram surpreendidas com o aumento dessas águas, a 100, 150 metros do leito do rio onde várias casas foram atingidas, muitas famílias perderam tudo o que tinham, que ao longo do tempo, com muito sacrifício foram construindo seus patrimônios que, lamentavelmente foram levados pelas águas. Deixo aqui minha solidariedade a todas essas pessoas”, ressaltou Cirone Deiró.

O parlamentar acrescentou que esteve com o prefeito de Cacaol, Adailton Fúria (PSD), a quem solicitou a elaboração de um projeto para que ele possa destinar recurso de emenda parlamentar de sua autoria e com isso auxiliar as famílias que perderam o que tinham.

“Aproveito para parabenizar a sociedade civil organizada de Cacoal, a todos os empresários, comerciantes e pessoas comuns que se mobilizaram para garantir a entrega de cestas básicas, água potável, abrigo a essas famílias. Porém, precisamos solucionar, em definitivo, essa questão das pontes da BR-364, a qual o ex-deputado federal Luiz Cláudio colocou recurso para a execução dos projetos, em 2014, ao quais ficaram prontos dois anos depois e, no ano passado, tivemos o privilégio da deputada Jaqueline Cassol (PP) colocar recursos de emenda federal para que o DNIT faça as três pontes, nas marginais e na BR-364, aumentando assim, a vazão de água na rodovia. Quando essas obras estiverem prontas, não haverá o represamento do Rio Pirara e seus afluentes”, disse o deputado.

Ainda sobre os alagamentos, o parlamentar agradeceu o senhor Mário Gazin, que, de acordo com o deputado, através de uma solicitação do jornalista de Vilhena, Paulo Mendes, doou 100 colchões para atender as 300 famílias prejudicadas com as enchentes. Para concluir seu pronunciamento, Cirone Deiró citou a educação inclusiva. O deputado informou que participou de uma reunião com a presidência do Tribunal de Contas e assessores técnicos para discutir a educação inclusiva nas escolas de Rondônia.

“Seja escola privada ou pública. Fiquei muito preocupado com o fato de não termos avançado nesse tema aqui em Rondônia e posso afirmar que fiquei ainda mais preocupado quando fiquei sabendo dos números que demonstram que, a cada 45 crianças que nascem no Brasil, uma delas tem algum tipo de deficiência. Precisamos urgentemente de políticas públicas para que os governos estaduais, municipais e federal implementem a inclusão nas escolas e deem condições para essas crianças serem oportunizadas com o estudo. Para isso, o Tribunal de Contas está fazendo um grande levantamento em Rondônia para o diagnóstico da educação inclusiva no nosso estado. Nós, desde o início do nosso mandato, temos trabalhado essa pauta juntamente com outros órgãos governamentais, e precisamos que essa Casa de Leis, com todos os 24 deputados, junto com o Executivo, discuta e implemente essa pauta de tamanha importância”, concluiu o deputado.

No próximo dia 16 de março, às 15 horas, acontecerá uma Audiência Pública, com a presença de representantes de vários órgãos governamentais para o debate da educação inclusiva em Rondônia.

Texto: Juliana Martins

Foto: Thyago Lorentz

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.