Detectada nova variante híbrida do novo coronavírus no Vietnã considerada mais perigosa

Detectada nova variante híbrida do novo coronavírus no Vietnã considerada mais perigosa

As autoridades no Vietnã descobriram uma nova variante do coronavírus, que é uma mistura de tipos de COVID-19 da Índia e do Reino Unido e está se espalhando rapidamente por via aérea, de acordo com o Ministério da Saúde.

O Vietnã tem lutado contra um aumento nas infecções desde o final de abril, respondendo por mais da metade do total de 6.713 casos confirmados, após efetivamente suprimir o vírus na maior parte do ano passado. Houve 47 mortes até agora.

Em um comunicado, o Ministro da Saúde Nguyen Thanh Long disse: “O Vietnã descobriu uma nova variedade COVID-19 que combina as características das duas variações atuais relatadas pela primeira vez na Índia e no Reino Unido.”

Ele prosseguiu dizendo: “A nova variante é realmente prejudicial e preocupante”.

B.1.222, B.1.619, D614G, B.1.1.7 – conhecida como a variedade do Reino Unido -, B.1.351, A.23.1 e B.1.617.2 – conhecida como a “variante indiana” – já havia sido descoberto no país do sudeste asiático.

Long descreveu o novo tipo como uma mistura dos encontrados na Índia e Reino Unido, de acordo com a publicação online VnExpress.

“A nova variedade é uma variante indiana com mutações originadas na variante do Reino Unido”, explicou Long, acrescentando que as autoridades logo divulgariam o nome e as características específicas da recém-descoberta.

Variantes do SARS-CoV-2 de importância mundial foram identificadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Variantes que surgiram inicialmente na Índia, Reino Unido, África do Sul e Brasil estão incluídas.

Fonte: Mixrondonia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *