Detran promove leilão virtual com 465 lotes de veículos apreendidos

Detran promove leilão virtual com 465 lotes de veículos apreendidos

O segundo leilão virtual de veículos na região de Ji-Paraná, organizado pela Comissão Permanente de Preparação para o Leilão de Veículos Apreendidos ou Removidos e promovido pelo Governo de Rondônia por meio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), terá lugar em dois dias: quinta (5) e sexta (6).

De acordo com o artigo 328 da Lei 9.503 / 1997, que implementa o Código de Trânsito Brasileiro, seriam leiloados 465 lotes, sendo 98% deles motocicletas em bom estado e prontas para retornar à via pública.

Os veículos foram removidos dos pátios das Ciretrans em Alvorada do Oeste, Castanheiras, Costa Marques, São Domingos do Guaporé, Ji-Paraná, Mirante da Serra, Nova União, Ouro Preto do Oeste, Posto Avançado de Nova Londrina, Presidente Médici, Estrela de Rondônia, São Francisco do Guaporé, São Miguel do Guaporé, Seringueiras, Teixeirópolis, Urupá,

“Nosso segundo leilão virtual começará na quinta-feira às 7h30 e vai até sexta-feira. É uma oportunidade para quem deseja adquirir uma motocicleta ou um carro ”, disse Élida de Brito, presidente da Comissão Permanente de Preparação do Leilão.

Podem participar do leilão pessoas físicas e jurídicas maiores de 18 anos ou emancipadas que já tenham se cadastrado no Detran, o que é um pré-requisito. A tela de login ou o endereço de e-mail usado para o registro recebeu a confirmação da aprovação do registro.

“Em nosso leilão, temos um veículo que é o grande atrativo, com preço de abertura de R $ 40 mil. E também têm um lance de R $ 5 mil em outra van, além de outros automóveis. Devemos também ter em mente que os carros foram conservados e são capazes de se mover. O vencedor do leilão ficará responsável apenas pelo custo do transporte do carro e terá 30 dias para retirá-lo do pátio da Ciretrans ”, avisou Élida de Brito.

Segundo o presidente da comissão de leilões, todo aquele que licitar e depois desistir da transação deverá pagar 20% do valor da licitação, ou será acrescido à dívida atual. “Estamos otimistas com o sucesso de mais um leilão, já que o anterior, de maio, faturou mais de R $ 3 milhões com a venda de 1.080 itens”.

O mais recente leilão in loco do Detran foi em 2019. Não houve leilão em 2020 em decorrência da epidemia.

Fonte: Mixrondonia com informações de assessoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *