Dólar dispara, e Bolsa desaba após anulação de condenações de Lula

Dólar dispara, e Bolsa desaba após anulação de condenações de Lula

O dólar comercial disparou, e a Bolsa opera em forte queda hoje, após o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Edson Fachin anular todas as condenações impostas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pela 13ª Vara Federal de Curitiba no âmbito da operação Lava Jato. Com a decisão, que ainda será avaliada pelo plenário do Supremo, Lula volta a ser elegível.

O dólar fechou em alta de 1,67%, a R$ 5,778 na venda. É o maior valor de fechamento desde 15 de maio do ano passado (R$ 5,839). A moeda já operava em alta ao longo do dia, mas passou a subir ainda mais após a decisão de Fachin. O Ibovespa, principal indicador da Bolsa de Valores brasileira, tombou 3,98%, a 110.611,58 pontos.

A Bolsa paulista já operava em queda desde a abertura, em meio a movimentos de venda de ações para embolsar lucros e um quadro ainda preocupante sobre a covid-19 no país.

O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, refere-se ao dólar comercial. Para quem vai viajar e precisa comprar moeda em corretoras de câmbio, o valor é bem mais alto. UOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *