É golpe promoção de 60 anos do Magazine Luiza no WhatsApp?

É golpe promoção de 60 anos do Magazine Luiza no WhatsApp?

Circula pelo WhatsApp um link para uma suposta promoção de 60 anos do Magazine Luiza. Quem clica no endereço é redirecionado para uma página que usa o logotipo e as cores da rede de lojas de departamento, com a mensagem de que serão distribuídos muitos prêmios “requintados”, incluindo 1.000 relógios inteligentes e dispositivos móveis. Ao clicar três vezes em caixas de presente diferentes, a pessoa “ganha” um smartphone Samsung Galaxy S21.  Por WhatsApp, leitores da Lupa sugeriram que esse conteúdo fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação​:

“Celebração do 60º aniversãrio [do Magazine Luiza]. Muitos presentes requintados, bem como mais de 1000 unidades de relógios inteligentes e dispositivos móveis. Tudo o que você precisa fazer é abrir a caixa de presente correta. Você tem 3 tentativas, boa sorte!”

Texto de ‘promoção’ que circula no WhatsAppFALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. A assessoria de imprensa do Magazine Luiza afirmou, em nota, que a rede não está distribuindo prêmios de aniversário, nem é responsável pela página que circula pelo WhatsApp. “Esta promoção não é verdadeira. Inclusive, este ano o Magalu completa 65 anos”, diz o texto. 

Ao clicar no link enviado pelo WhatsApp, o usuário cai em uma página que usa o logotipo e as cores da empresa para tentar passar credibilidade. Trata-se, porém, de um golpe para roubar dados. Na página, estão dispostas 12 ícones representando caixas, nas quais a vítima, supostamente, deve clicar. Não importa a ordem em que a pessoa abrir as caixas de presentes que simulam um sorteio, ela sempre será “premiada” com um smartphone na terceira tentativa

Em seguida, o site pressiona a vítima a compartilhar o link com outros grupos e pessoas no WhatsApp, ameaçando retirar o prêmio se isso não ocorrer dentro dos minutos seguintes. Depois que isso ocorre, aparece uma mensagem pedindo para que a pessoa se registre em um aplicativo para receber o smartphone. É a partir desse ponto que o usuário começa a ser redirecionado para outros sites, que pedem os dados pessoais. As informações repassadas podem ser usadas por criminosos para aplicar golpes.

Os links do site da suposta promoção e as outras páginas para onde a pessoa é direcionada não estão hospedados no endereço oficial do Magazine Luiza, o que também permite identificar o golpe. Textos que pedem urgência para compartilhar um link ou preencher informações são outro indício de fraude — os bandidos precisam que as pessoas façam isso com rapidez para não perceberem que estão caindo em uma cilada. 

Fonte: https://noticiageral.com – com informações de Lupa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *