Em Ji-Paraná vereadora faz denúncia de 7 mil doses de vacinas que sumiram

Em Ji-Paraná vereadora faz denúncia de 7 mil doses de vacinas que sumiram

Rosana Pereira (DEM), vereadora de Ji-Paraná, município a cerca de 380 quilômetros da capital do estado, Porto Velho, apresentou queixa ao Ministério Público Federal – MPF e à Polícia Federal – PF, citando a falta de 7.000 doses de Vacina COVID-19 na quantidade de doses enviada pelo governo, armazenada e aplicada.

Rosana afirma que seguiu para o local de armazenamento para as doses e acompanhou a contagem do estoque. A vereadora computou cerca de 4.700 vacinas durante a pesquisa, quando percebeu que faltavam 7.000 doses.

“Essas doses não foram utilizadas porque não havia como verificarmos sua contabilidade. Não estou interessada em saber quantas vacinas foram distribuídas; é simples: o governo entregou as vacinas e sobraram apenas 4.700 doses em Ji-Paraná ”, explicou Rosana Pereira.

A estimativa

Segundo denúncia da vereadora, o governo do estado forneceu 55 mil doses para a cidade, foram aplicadas pouco mais de 30 mil, atualmente, restam apenas cerca de 4.700 doses, segundo sistema da Prefeitura.

“Há um erro crasso; Não estou sugerindo que ninguém cometeu um crime, como um roubo. O governo estadual enviou 55.000 dosagens conforme nota fiscal, mas só tem quarenta e poucas mil doses. Meu trabalho está em fiscalizar, mas agora cabe aos policiais ”, explicou Rosana Pereira.

O município de Ji-Paraná é um dos últimos do estado a receber vacinas, e a pandemia do COVID-19 continua causando alarmantes recorrências de óbitos e infecções. Isaú Fonseca, prefeito de Ji-Paraná, terá que explicar a situação ao público.

Fonte: Mixrondonia.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *