Em Rondônia 70% dos pecuaristas já realizaram a declaração de rebanhos à Idaron

Em Rondônia 70% dos pecuaristas já realizaram a declaração de rebanhos à Idaron

Em Rondônia, mais de 70% dos pecuaristas já registraram seus rebanhos no Instituto Estadual de Defesa da Saúde Agrosilvopastoril (Idaron). A declaração é obrigatória e é feita em duas fases por ano, nos meses de maio e outubro.

É um dos critérios da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) para aceitação internacional como zona livre de febre aftosa que não requer vacinação.

Muitos que ainda não anunciaram suas intenções têm apenas 10 dias para fazê-lo. O prazo para inscrições é 31 de maio.

De acordo com o representante da Agência, veterinário Júlio Cesar Rocha Peres, a previsão é que sejam registradas pouco mais de 130 mil declarações. “É importante ressaltar que o número de extratos online e remotos está aumentando. Até o momento, 41% dos documentos foram feitos por meio de declarações online. Mais de 90% das demais declarações foram feitas por telefone, WhatsApp ou e-mail ”, acrescentou.

“São recursos que o governo disponibiliza para evitar o contágio do Covid-19, para que o produtor não fique vulnerável ao vírus, fazendo tudo por meio do sistema no site do Idaron ou remotamente”, continua.

Devem fazer a declaração os criadores de bovinos, búfalos, suínos, caprinos e ovinos (animais suscetíveis à Febre Aftosa). Informações de outros animais podem ser enviadas.

O produtor deve fazer a declaração idealmente na internet, no site da Agência (www.idaron.ro.gov.br). “Não tem segredo pois a senha de emissão do ‘e-GTA’ (Guia de Trânsito Animal Online) é a mesma senha de declaração dos rebanhos na internet. Muitos que ainda não se cadastraram ou criaram uma senha para entrar no sistema Idaron podem acessar o site da agência, seja em um computador ou em um dispositivo móvel, e criar uma senha ”, explica Júlio Cesar.

O Idaron disponibiliza um formulário de declaração, tanto na forma escrita (disponível nas unidades da Agência Idaron e casas agrícolas em todos os municípios), como para download no site da Agência.

Após o preenchimento do formulário, ele deve ser encaminhado ao Idaron, onde o imóvel está cadastrado, por e-mail ou WhatsApp. Para o envio do formulário, cada unidade possui um telefone WhatsApp.

De acordo com pesquisa, Colorado e Seringueiras tiveram o maior número de declarações (70% e 66%, respectivamente) até esta sexta-feira (21/06). Os municípios de Candeias do Jamari e Alvorada do Oeste, por outro lado, ficam marginalmente atrás, com 43 por cento e 47 por cento dos anúncios, respetivamente.

Fonte: Mixrondonia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *