Em um mês, mais de 1 milhão de raios são registrados em Rondônia

Em um mês, mais de 1 milhão de raios são registrados em Rondônia

No mês de outubro, o sistema de monitoramento climático do grupo Storm contabilizou mais de 1 milhão de raios em Rondônia, segundo dados divulgados pela Energisa nesta quinta-feira (4). A quantidade é referente a quase metade dos casos registrados em todo o ano de 2021.

Ainda de acordo com a Energisa, 112 mil usuários foram afetados com o desabastecimento de energia por conta das descargas elétricas causadas pelos raios. Isso porque o raio sempre procura o caminho de menor resistência elétrica entre a nuvem e a terra.

“O raio é um fenômeno da natureza que não conseguimos prever qual será sua força. Já houve registro de raios com 30 mil ampères. O que daria para acender de uma vez só 30 mil lâmpadas de 100 watts juntas”, explica a Energisa.

Tornado em Porto Velho

Outro fator que pode afetar na distribuição da energia, segundo a concessionária, é a intensidade dos ventos. Objetos como galhos de árvores, faixas e tampas de caixa de água podem ser arremessados contra a rede e derrubar os fios de distribuição.

“É importante que a população contribua fixando bem os objetos que podem voar com o vento”, orienta.

Há uma semana, um tornado de intensidade F0 na Escala de Fujita atingiu Porto Velho e deixou rastros de destruição. Os ventos intensos derrubaram árvores, placas de sinalização e fios de energia. Além disso, várias casas e estabelecimentos comerciais foram destelhados.

No dia, a Energisa informou à Rede Amazônica que telhas e galhos que voaram sobre a rede provocaram o rompimento de cabos e o acesso em alguns foi prejudicado. Equipes foram movidas para reforçar atendimentos em bairros como Agenor de Carvalho e Joana Darc na capital.

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *