Prefeitura de Porto Velho mantém festas de réveillon, mas não descarta cancelamento se houver aumento de casos de Covid

Prefeitura de Porto Velho mantém festas de réveillon, mas não descarta cancelamento se houver aumento de casos de Covid

O vice-prefeito de Porto Velho, Maurício Carvalho, informou nesta terça-feira (30) que as festas de Ano Novo na capital estão mantidas. Por conta da nova variante ômicron da Covid-19, que já foi registrada nos cinco continentes, 11 capitais brasileiras cancelaram os eventos de fim de ano.

Em entrevista à Rede Amazônia, Maurício explicou que apesar de mantidas as festividades, a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) está monitorando os números de casos de Covid-19.

“Para que as festas continuem normais, nós não podemos ter aumento de casos. A prefeitura está organizada para todas as festividades de final de ano, mas também é muito cedo para falar que todas elas irão acontecer, caso aumentem os casos. A secretaria está monitorando em primeiro lugar a saúde dos portovelhenses para que a gente possa confirmar todos esses eventos”, disse.

Segundo o vice-prefeito, mais de 60 mil moradores da capital ainda não tomaram a primeira dose da vacina contra a Covid. E cerca de 98 mil, não retornaram para tomar a segunda dose.

Na segunda-feira (29), a prefeitura publicou um decreto retornando a obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção contra Covid-19 em ambientes abertos em Porto Velho. Conforme Maurício, essa decisão é para “cuidar de si e preservar o próximo”, além de prevenir uma nova onda.

“Estamos preocupados com essa onda e volta de casos em Porto Velho, mas não podemos mais parar. A economia e as escolas precisam voltar ao normal, os nossos alunos não podem mais ficar fora da sala de aula. Mas para isso, nós precisamos tomar alguns cuidados para que não tenha essa nova onda de casos em Porto Velho”, explicou.

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *