Fila de espera para cirurgia de catarata em Rondônia já tem oito mil pessoas

Fila de espera para cirurgia de catarata em Rondônia já tem oito mil pessoas

Catarata é uma condição definida pela perda do cristalino, ou a lente natural dos olhos, responsável por focar a visão a várias distâncias. Pessoas com mais de 60 anos são mais comumente afetadas pela doença.

Envelhecimento, fumo, bebida, exposição à radiação, uso excessivo de medicamentos, diabetes, uveíte (inflamação) e trauma são as principais causas da doença. Por causa de sua genética ou fatores de risco, algumas pessoas são ainda mais propensas a ter o problema.

Algumas indicações devem ser monitoradas, segundo o médico Thiago Patta, e as pessoas devem ser informadas, pois quanto mais precoce o diagnóstico, melhores as chances de tratamento.

“Os sintomas da doença incluem visão turva, visão dupla, perda de foco e manchas no campo visual. No final, pode levar à cegueira ”, relata.

Há 8.000 pacientes na lista de espera para cirurgia de catarata somente em Rondônia, e outros 14.000 aguardam para ver um oftalmologista. A macrorregião 1 é a área com mais pessoas necessitando de assistência.

Faz parte da macrorregião 1: Porto Velho, Ariquemes, Candeias do Jamari, Jaru, Guajará-Mirim, Theobroma, Machadinho D’Oeste, Alto Paraíso, Buritis, Cacaulândia, Campo Novo de Rondônia, Cujubim, Governador Jorge Teixeira, Itapuã do Oeste, Monte Negro, Nova, Mamoré , Rio Crespo e Vale do Anarí.

O governo de Rondônia lançou o projeto “Enxergar” para ajudar essas pessoas e diminuir as filas de pacientes no estado que precisam ter sua visão corrigida cirurgicamente. O objetivo principal do esforço é agilizar e personalizar o atendimento gratuito para o público em geral.

O objetivo da iniciativa é realizar operações de catarata e pterígio, além de oferecer tratamento, exames e consultas oftalmológicas à comunidade local.

Para que o usuário receba atendimento, ele deve localizar um serviço de saúde próximo a sua residência. O paciente é encaminhado para participar do projeto por meio do sistema regulatório que aprova a emissão do guia após exame médico.

PREVENÇÃO

Thiago Patta disse que, a partir dos 40 anos, a visita regular ao profissional é o maior método de diagnóstico preventivo e precoce.

“O envelhecimento da lente é normal para os olhos, mas se forem tomadas medidas preventivas, o problema pode ser retardado ou a qualidade da visão perdida apenas com a idade avançada”, acrescenta o médico.

Visitas regulares aos olhos, uma dieta balanceada, o uso de óculos escuros, a eliminação de vícios e o controle do diabetes são medidas que podem ser tomadas para preservar uma boa visão.

TRATAMENTO

A cirurgia de catarata é indicada para aqueles que apresentam um declínio significativo em sua qualidade de vida como resultado de sua visão prejudicada. É um tratamento altamente seguro que pode ser realizado em qualquer momento da progressão da doença. Quanto mais cedo uma catarata for identificada, no entanto, mais rápida poderá ser a reabilitação pós-operatória.Processo é feito para substituir o cristalino enevoado por uma lente intraocular artificial transparente. Bastante efetiva e segura, as vantagens da cirurgia de catarata está em necessitar de poucos dias para total recuperação.

Fonte: Mixrondonia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *