Flamengo antecipa férias do elenco e monitora pressão no Benfica à espera de brecha por Jorge Jesus

Flamengo antecipa férias do elenco e monitora pressão no Benfica à espera de brecha por Jorge Jesus

Garotada em campo contra o Atlético-GO, olho na televisão para monitorar o Benfica na Champions e reuniões em busca de um nome de um plano B caso Jorge Jesus não se torne uma possibilidade de mercado. Desta maneira, o Flamengo projeta a semana em busca de caminhos que ainda não estão claros para 2022.

A pressão sobre o trabalho do Mister em Portugal faz com que o Flamengo redobre a paciência na expectativa pelo confronto entre Benfica e Dínamo de Kiev, quarta-feira, às 17h (de Brasília), em Lisboa, pela última rodada da Champions League. Isso porque a única possibilidade de se abrir negociação por um retorno passa pela demissão nos encarnados.

Enquanto JJ estiver sob contrato, a diretoria rubro-negra trata como utopia a contratação. As cobranças dos torcedores benfiquistas após a derrota por 3 a 1 para o Sporting, em casa, na última sexta, e o risco de eliminação na fase de grupos da Champions, por sua vez, ligaram o alerta para que o Flamengo não abra conversas com ninguém à espera do que pode acontecer quarta-feira no estádio da Luz.

A avaliação do Flamengo é de que questionar Jorge Jesus sobre a chance de um retorno no momento é “apenas” uma obrigação, mas com chance de se tornar uma oportunidade de mercado de acordo com o que acontecer contra os ucranianos. Paralelamente a isso, nomes são discutidos, praticamente todos portugueses.

Carlos Carvalhal é um que voltou à pauta. Preferido na ocasião da saída do Mister, ele acertou com o Braga por conta da situação da pandemia da Covid-19 no Brasil em meados de 2020. O fato de estar com contrato em vigor, por sua vez, também é um problema. O Flamengo projeta alto investimento em salário do novo treinador, e não em multa rescisória.

Férias antecipadas

Enquanto busca um treinador, o Flamengo começa o planejamento de 2022 antecipando as férias. Após a derrota para o Santos, o elenco ganhou folga na terça-feira e boa parte dele só se reapresentará no ano que vem. A tendência é a de que, do grupo principal, apenas Gustavo Henrique, Léo Pereira, Renê e João Gomes estejam no Ninho do Urubu na próxima quarta-feira visando à partida contra o Atlético-GO, quinta, em Goiânia.

O combinado com o técnico Maurício Souza é de que o quarteto se junte aos garotos das categorias de base, que terão a última rodada do Brasileirão para pegar experiência entre os profissionais.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *