Governo deve perder 7 secretários que devem disputar eleições

Governo deve perder 7 secretários que devem disputar eleições

Executivo estadual vai substituir nomes que devem concorrer a uma vaga na ALE ou Câmara Federal

Dia 02 de abril é o prazo máximo para que os ocupantes de cargos públicos deixem suas funções para disputarem as eleições de outubro deste ano.

Faltando seis dias para a data limite, as peças do tabuleiro do Governo do Estado também serão movimentadas com a possível saída de sete nomes do primeiro escalão do Executivo. Todos devem disputar vagas na Assembleia Legislativa ou na Câmara Federal.

São sete personagens que ocupam as principais secretarias estaduais como Fernando Máximo (Saúde), Suamy Vivenacananda (Educação), Evandro Padovani (Agricultura), Elias Rezende (Estradas de Rodagem), Jobson Bandeira (Cultura, Esporte e Lazer), Cristiane Lopes (Adjunta de Educação), além da primeira-dama Luana Rocha (Ação Social), que ainda não definiu qual caminho seguir.

“Ela ainda está em dúvida qual cargo vai concorrer. Ainda está sondando, tentando sentir o que deve fazer. Mas a filiação dela já está consolidada no União Brasil”, disse uma pessoa que tem bastante contato com a família Rocha.

Desses nomes, exceto Luana Rocha que ainda não definiu para qual cargo deve concorrer, dois (Fernando Máximo e Cristiane Lopes) querem trabalhar em Brasília (DF) e os demais começarem 2023 como deputados estaduais.

“São nomes fortes. Alguns já concorrem à votações anteriores e ficaram bem colocados com o Padovani e a Cristiane Lopes. Já os outros têm trabalhos reconhecidos nos seus setores, mas isso virar voto, é uma outra história”, comentou um outro personagem que transita tanto no Governo do Estado quanto na Assembleia Legislativa. 

Segundo o que apurou o Rondoniaovivo, o governador Marcos Rocha (União Brasil) ainda não definiu quais nomes vão substituir quem sai. Os próximos dias serão de muitas negociações com partidos e quem já está no poder, para fazer as composições já pensando no pleito de outubro.

 Rondoniaovivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.