Homem é morto a facadas ao chegar em casa; crime foi na frente da esposa da vítima em Cacoal

Homem é morto a facadas ao chegar em casa; crime foi na frente da esposa da vítima em Cacoal

Um homem de 35 anos, identificado como Leonardo Henrique Pereira, foi morto a facadas dentro da própria casa na noite de domingo (7) em Cacoal (RO). Um suspeito foi preso. A mulher da vítima disse aos policiais que dois homens invadiram a residência do casal a procura da vítima, no bairro Novo Cacoal.

À Polícia Militar (PM), a esposa de Leonardo Henrique informou que estava em casa quando chegaram dois homens procurando pelo marido dela. Porém, Leonardo não estava em casa e, insatisfeitos com a resposta da mulher, os dois suspeitos invadiram a residência para procurar Leonardo.

Depois dos homens entrarem pelos cômodos e não encontrarem Leonardo, decidiram ir embora. Quando os dois estavam saindo do imóvel, de acordo com mulher, Leonardo chegou em uma motocicleta.

Os suspeitos e a vítima começaram a discutir e um dos homens então golpeou a vítima com um capacete, momento que se iniciou uma briga entre eles.

A briga se estendeu para dentro da casa de Leonardo, onde um dos homens pegou uma faca e golpeou Leonardo por várias vezes.

Quando os suspeitos perceberam que a vítima estava sem reação, fugiram do local levando a faca. A mulher disse aos policiais que um deles, durante a briga, se feriu com a faca em uma das mãos.

A equipe da perícia técnica foi acionada e constatou perfurações de faca no pescoço, barriga e na mão esquerda de Leonardo, que já estava sem sinais vitais.

Enquanto a mulher estava sendo ouvida, a polícia recebeu a informação que em outro ponto da cidade, na Avenida Flor do Maracá, em frente a uma igreja católica, Leonardo havia se envolvido em uma briga minutos antes de voltar para casa.

Outra informação recebida pela PM no atendimento da ocorrência foi de que o suspeito que se feriu com a faca, durante a briga na casa de Leonardo, buscou ajuda médica no Hospital de Urgência e Emergência Regional de Cacoal (Heuro).

Uma foto do suspeito foi enviada ao celular do policial, onde também mostrou à esposa da vítima. Ela confirmou que o homem da imagem era o mesmo suspeito que havia esfaqueado Leonardo.

A PM foi ao hospital e, no local, o suspeito confessou ter participado da briga e também disse ter ido até a casa de Leonardo, mas não admitiu tê-lo esfaqueado.

Depois do atendimento médico, o suspeito foi levado ao Departamento da Polícia Civil, onde ele disse o nome de outros envolvidos no crime. A polícia segue investigando o caso.

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *