Mais de um terço da população mundial não tem conexão com a internet, segundo a ONU

Mais de um terço da população mundial não tem conexão com a internet, segundo a ONU

Mais de um terço da população mundial não tem conexão com a internet, embora a pandemia tenha demonstrado a importância da rede para continuar trabalhando ou estudando, de acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU).

Um relatório da União Internacional de Telecomunicações (UIT) publicado na última terça-feira (30) apontou que 2,9 bilhões de pessoas (37% da população mundial) não se conectam à rede. Entre elas, 96% vivem em países em desenvolvimento.

Cerca de 4,9 bilhões de pessoas usaram a internet este ano. São quase 800 milhões de pessoas a mais do que antes da pandemia, embora centenas de milhões precisem compartilhar seus dispositivos e/ou contam com baixa velocidade, o que limita o que eles podem fazer na internet.

O aumento excepcionalmente alto no número de usuários revela que a pandemia impulsionou as pessoas a se conectarem mais.

Desde 2019, 782 milhões de pessoas passaram a acessar a internet, o que significa um aumento de 17%. A alta é de 10% para o primeiro ano da pandemia, o maior avanço anual “em uma década”, de acordo com a UIT.

O relatório indicou que a diferença no acesso à internet entre homens e mulheres diminuiu: 62% dos homens estão conectados e 57% de mulheres.

Mas “ainda há muito a ser feito”, segundo o secretário-geral do UIT, Houlin Zhao. Um dos principais desafios está no acesso em áreas rurais, especialmente nos países em desenvolvimento, onde o acesso em áreas urbanas chega a média de 72% das pessoas e apenas a 34% da população rural.

Problemas como a pobreza, a falta de eletricidade ou conhecimento digital são alguns dos maiores desafios para os “digitalmente excluídos”, segundo a UIT.

Por France Presse

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *