Pacientes e acompanhantes denunciam falta de comida no Hospital de Base em Porto Velho

Pacientes e acompanhantes denunciam falta de comida no Hospital de Base em Porto Velho

Pacientes e acompanhantes que estão no Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro, em Porto Velho, relataram falta de alimentos na unidade de saúde nesta terça-feira (16). Eles dizem que não há comida para distribuição no horário do lanche e jantar.

Há dois meses, funcionários do setor de alimentação do Hospital de Base entraram de greve. De acordo com os servidores, o motivo era os atraso nos salários. Na ocasião, estima-se que mais de 800 pessoas tenham ficado sem as refeições.

Dessa vez, a empresa que fornece alimentação ao hospital declarou que se preocupa com todos os pacientes enfermos e tenta cumprir o dever de garantir a nutrição adequada para todos, entretanto, por falta de insumos no depósito, não forneceu lanche da tarde para pacientes e servidores.

Questionada pelo G1, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) informou que participou de reunião com a empresa que fornece alimentação ao Hospital de Base na manhã desta terça (16). Na ocasião, teria cobrado o cumprimento do contrato e determinou que a empresa forneça a alimentação de forma correta.

Em nota, a Sesau destacou que por falta das certidões atualizadas por parte da empresa, o pagamento foi suspenso pelo Governo do Estado. Mas durante a reunião, a empresa se comprometeu em ter as certidões atualizadas, e voltar a fornecer alimentação.

Veja a íntegra da nota da Sesau:

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) em reunião com a empresa (Nutrimais) que fornece alimentação ao Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro, na manhã desta terça-feira (16), cobrou o cumprimento do contrato e determinou que a empresa forneça a alimentação de forma correta.

Por falta das certidões atualizadas por parte da empresa, o pagamento foi suspenso pelo Governo do Estado, mas após o envio das mesmas, deve ser feito até o dia 24 de março, conforme acordado durante a reunião. A empresa se comprometeu em ter as certidões atualizadas, e principalmente normalizar os serviços de fornecimento de alimentação nos hospitais

O Governo de Rondônia prioriza que todas as necessidades de pacientes e servidores sejam atendidas de forma humanizada, sendo a alimentação item de suma importância para melhoria do atendimento e quadro clínico dos pacientes. G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *