Padre Marcelo Rossi não gravou áudio com apologia a golpe militar?

Padre Marcelo Rossi não gravou áudio com apologia a golpe militar?

Circula no Whatsapp um arquivo de áudio no qual um homem faz uma “reflexão política”, Ele afirma que o país está “mergulhado numa crise moral, financeira e política”. O autor da gravação defende que se os partidos “que estão apoiando os direitos humanos” retornarem à presidência,  “vai ser muito fácil a população começar a exigir uma intervenção militar”. As mensagens que acompanham o áudio atribuem sua autoria ao padre Marcelo Rossi.  Por WhatsApp, leitores da Lupa sugeriram que esse conteúdo fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação​:

“A grande preocupação agora são essas eleições. Se sobe um partido como eles [partidos de esquerda], a crise que nós estamos vivendo vai ser tão séria que a gente termine até em uma revolução. Porque vai ser muito fácil as pessoas do centro-oeste, sul e sudeste não aceitarem este governo. Vai ser muito fácil nós começarmos a ver manifestações políticas sérias, vai ser muito fácil a população começar a exigir uma intervenção militar”

Trecho de áudio atribuído a padre Marcelo Rossi que circula no Whatsapp

 FALSO

A informação analisada pela Lupa é falsa. O áudio não é do padre Marcelo. Em uma transmissão ao vivo, feita em sua página oficial no Facebook, ele disse que não tem WhatsApp e que “padre Marcelo não se mete em política”. O padre classificou as declarações do áudio como “absurdas” e pediu aos seus seguidores que descobrissem quem foi o autor da gravação, para que pudesse orar por ele. “Essa pessoa não pode fazer o que ela fez, isso é muito chato”, disse. 

Este mesmo áudio circulou em setembro de 2018, período próximo às últimas eleições presidenciais. Na época, o site Fato ou Fake verificou esse conteúdo e descobriu que as declarações foram feitas pelo apóstolo Rina, da igreja Bola de Neve. O pastor declarou ao portal que as falas foram realizadas durante um curso que ele ministrava e que não tinha interesse que seu conteúdo fosse disseminado pelas redes. 

Fonte: https://noticiageral.com – com informações de Lupa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *