PF deflagra operação para combater tráfico de pessoas em RO, MG e SP

PF deflagra operação para combater tráfico de pessoas em RO, MG e SP

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quarta-feira (1º), uma operação para combater os crimes de tráfico de pessoas, contrabando de migrante e falsidade ideológica, além de outros crimes relacionados.

Cinco mandados de busca e apreensão foram cumpridos em Porto Velho e nos estados de Minas Gerais e São Paulo. Nas casas visitadas pelos agentes, foram apreendidos equipamentos eletrônicos e documentos, que devem auxiliar nas investigações dos crimes.

Investigações

De acordo com a PF, as investigações começaram quando a Polícia de Imigração e Alfândega (ICE/HSI) em Brasília (DF) informou à Interpol, que um brasileiro, acompanhado por uma menor, foi preso, após ter entrado ilegalmente nos Estados Unidos, por abuso sexual de uma menor de idade.https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Também havia suspeita de falsidade ideológica, já que o investigado é tio da vítima e na certidão de nascimento dela, consta como pai socioafetivo.

As investigações apontaram que o suspeito entrou ilegalmente nos Estados Unidos com o auxílio de ‘coiotes’, pessoas que conduzem imigrantes a atravessarem fronteiras de forma clandestina.

As penas para o crime de tráfico de pessoas com fins de exploração sexual podem chegar a oito anos de reclusão, já para os crimes de contrabando de migrante e falsidade ideológica, as penas podem chegar a cinco anos de prisão.

Operação Patris Illusio

O nome da operação significa paternidade ilusória em latim e faz referência ao modus operandi utilizado na prática delitiva, já que o suspeito inseriu, na certidão de nascimento da vítima, uma paternidade socioafetiva falsa, com o intuito de facilitar o ingresso ilegal nos Estados Unidos.

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.