Polícia Federal realiza operação para acabar com quadrilha que extrai diamantes

Polícia Federal realiza operação para acabar com quadrilha que extrai diamantes

Polícia Federal iniciou uma operação na manhã desta sexta-feira (09) para desmantelar uma quadrilha criminosa envolvida na venda ilícita de diamantes extraídos de terras indígenas.

A operação, batizada de “Escavadores 2”, faz parte de um esforço da Polícia Federal para combater o comércio de diamantes e a extração ilegal que incluiu a prisão de dois membros de outra organização criminosa na semana passada.

Foram executados dez Mandados de Busca e ampreensão nas cidades de Cacoal, Espigão D’Oeste e Pimenta Bueno, no estado de Rondônia, resultando na apreensão de diversos documentos, diamantes e objetos de interesse para investigação.

Duas pedras de diamante supostamente extraídas de terras indígenas foram descobertas na casa de um dos alvos, que mora na cidade de Cacoal, levando a sua prisão em flagrante delito por crime de usurpação de propriedade contra propriedade, que acarreta pena de até 5 anos de prisão se for condenado.

O inquérito começou há mais de dois anos com a prisão em flagrante delito de um dos integrantes do grupo que carregava três pedras de diamante retiradas de territórios indígenas na época.

A afiliação criminosa, a apreensão de bens da União, a extração ilegal de minério sem licença do órgão responsável e outras infrações que possam ser descobertas com a conclusão do inquérito serão todas as acusações possíveis para os sondados.

Fonte: Mixrondonia.com com informações de Assessoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *