Professor universitário é morto com marteladas na cabeça pelo próprio filho em Porto Velho

Professor universitário é morto com marteladas na cabeça pelo próprio filho em Porto Velho

O professor universitário de 51 anos, Ângelo de Oliveira, foi morto com marteladas na cabeça. O crime aconteceu na madrugada deste sábado (16) e o principal suspeito é o filho do professor, um adolescente de 17 anos.

A Universidade Federal de Rondônia (Unir) confirmou ao g1 que Ângelo era professor da instituição no departamento de Ciências da Computação no campus Porto Velho.

De acordo com o boletim de ocorrência, o corpo de Ângelo foi encontrado sobre a cama com muito sangue na área da cabeça. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser chamado para socorrer a vítima, mas ele já estava sem vida.

A mãe do adolescente suspeito de matar o pai contou à polícia que passava por um processo de separação com Ângelo. Segundo a mulher, as brigas eram constantes e o filho sempre as presenciava.

O adolescente disse que em certo ponto essas brigas se tornaram insustentáveis e, por este motivo, após uma delas, esperou o pai dormir e o atacou com vários golpes de martelo na cabeça. O menor foi apreendido em flagrante pela polícia.

O corpo de Ângelo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para analisar a causa da morte. A Polícia Civil investiga o caso.

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *