Programa Nota Legal será retomado e consumidor irá concorrer a prêmios

Programa Nota Legal será retomado e consumidor irá concorrer a prêmios

O Governo de Rondônia vai relançar o programa “Nota Legal” no dia 20 de julho, que fornece créditos em dinheiro para Entidades Sociais cadastradas no Executivo Estadual por meio de recibos de impostos ou cupons solicitados pelos consumidores e disponibilizados por meio do “QR Code” (a 2D código de barras) para a entidade com a qual o contribuinte tem afinidade ou simplesmente deseja ajudar.

O consumidor concorrerá a prêmios em dinheiro que variam de R $ 5 mil a R $ 20 mil se buscarem nota fiscal de compras feitas no comércio em geral. Benefícios individualizados estarão disponíveis.

A cada compra acima de R $ 10, o cliente apontará a câmera do celular para o QR Code da nota, que o levará à página do programa, onde poderá fazer uma doação para entidade social de sua escolha. Depois disso, você competirá por prêmios instantâneos.

Uma pessoa recebe um crédito de 25 centavos por cada doação. Mais de um milhão de notas físicas (eletrônicas) do consumidor, chamadas de NFCe, podem ser produzidas. Se todos eles forem doados, um total de R $ 2,5 milhões será disponibilizado para as organizações.

“Temos uma raspadinha eletrônica com preços que variam de R $ 25 a R $ 100. Para receber o prêmio, o consumidor precisa primeiro cadastrar sua conta e depois transferir o dinheiro para uma conta corrente ou poupança, segundo Luiz Fernando, o diretor da Secretaria de Estado de Finanças (Sefin).

“O consumidor tem o direito de solicitar o CPF na nota e pode praticar a educação financeira examinando o quanto consome e gasta com regularidade”, afirmou o secretário.

Além de combater as iniquidades econômicas, o hábito formaliza a regularidade dos estabelecimentos em geral e auxilia a todos na emissão de documentos fiscais e na cobrança precisa dos tributos.

“É excelente para o mercado e para a economia como um todo, pois fomenta a solidariedade e o engajamento dos cidadãos com as questões sociais na medida em que destina as doações correspondentes à nota às entidades”, enfatizou o secretário.

Fonte: Mixrondonia com informações de Assessoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *