Ranking aponta os municípios que menos vacinaram contra a Covid-19 em Rondônia

Ranking aponta os municípios que menos vacinaram contra a Covid-19 em Rondônia

O ranking de vacinas das prefeituras dos municípios de Rondônia foi atualizado. A planilha aponta as cidades rondonienses que mais vacinaram e o que menos aplicaram a imunização contra a Covid-19 na população.

Até o momento Alto Paraíso despontou como o município que mais vacinou, já foram distribuídas 910 doses e aplicadas 813 doses, o que representa 89,34% da meta estabelecida para a primeira dose. Logo em seguida vem o município de Primavera de Rondônia que recebeu 261 doses e aplicou 218, o que representa 83,52% da meta.

A Capital de Rondônia, Porto Velho, recebeu 30.479 doses e aplicou até o momento, 17.041, o que representa 55,91% da meta prevista para aplicar a primeira dose da vacina na população prioritária da campanha.

Já os municípios que apresentam os piores resultados no número de pessoas vacinadas estão Machadinho D´Oeste, que recebeu 1.369 doses e aplicou apenas 314, o que representa 22,94% da população.

O município de Costa Marques, recebeu 596 doses e aplicou apenas 203, sendo 34,06% da meta estabelecida para aplicação da primeira dose.

Essa etapa faz parte do público prioritário previsto na primeira fase da campanha. Trabalhadores da Saúde; Povos Indígenas; Pessoas 60 anos ou mais institucionalizadas; Pessoas institucionalizadas com deficiência com 18 anos ou mais; idosos 90 anos ou mais; idosos 89 a 85 anos; idosos 84 a 80 anos e idosos 79 a 75 anos.

Para vacinar a população prioritária na campanha de imunização contra a Covid-19, foram entregues 96.629 doses do estado para os municípios.

De acordo com o Governo do Estado, no sábado (27), Rondônia recebeu mais 23.400 doses das vacinas Coronavac e AstraZeneca.

Desde o começo da pandemia, Rondônia confirmou 180.348 casos da Covid-19 e registrou 3.876 óbitos. Até quinta-feira (25) o estado contabilizava 17.654 (9,79%) casos ativos da doença enquanto 117 pessoas aguardavam na fila de espera por um leito de UTI. Fonte: https://noticiageral.com – com informações de Diariodaamazonia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *