Secretaria de Meio Ambiente implanta projeto de compostagem de resíduos verdes públicos

Secretaria de Meio Ambiente implanta projeto de compostagem de resíduos verdes públicos

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMA) de Ariquemes, implantou o Projeto Piloto de Compostagem de Resíduos Verdes Públicos, com projeção inicial de 500 toneladas/ano de húmus produzidos no Jardim Botânico. O material biológico será aplicado na produção de mudas, para a arborização da área urbana da cidade, bem como, no enriquecimento nutricional e físico dos solos degradados de bordas de nascentes e matas ciliares rurais, que são recuperadas pelo Projeto Renascer Nascentes.

Conforme o Sistema Nacional de Informações Sobre Saneamento (SNIS) 2020, o município gera 54.720 toneladas de resíduos verdes públicos por anos, que são oriundos da poda de árvores e gramados. Estes resíduos, são depositados diretamente na Célula de Resíduos Verdes (aterro sanitário), sem aproveitamento posterior, acelerando o enchimento da célula verde, gerando novos custos ao poder público com nova célula.

Diante disto, a Engenharia da SEMA projetou a transformação dos resíduos verdes em uma fração menor, que com um picador de galhos e material verde, reduziu em torno de 80% as viagens dos caminhões até o aterro sanitário.

A redução do material permite a compostagem e acelera o prazo de decomposição para cerca de 60 dias. O material verde processado é transformado em húmus naturalmente, por meio de um processo natural biológico aeróbico.

Segundo a SEMA, o projeto é sustentável e diante dos solos empobrecidos da região, o incremento de material orgânico propiciará um paisagismo urbano mais atrativo no município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

12 + seventeen =