Sesdec garante andamento no processo para compra de rádios digitais da polícia

Sesdec garante andamento no processo para compra de rádios digitais da polícia

A mudança para o modo digital na Capital do estado, Porto Velho, começou este ano, o que é, na verdade, um grande avanço para a segurança pública, pois funcionava até então no modo analógico, com possibilidade de interceptar comunicações, principalmente indivíduos que usava rádios piratas para ouvir as direções enviadas aos veículos e assim escapar das abordagens policiais.

Uma vez que os equipamentos e sistemas analógicos já se encontravam consolidados, era contudo necessário inovar e é precisamente neste aspecto que é necessário identificar os benefícios da mudança em pleno alinhamento com os objectivos de crescimento institucional da Segurança Pública, em particular no sector das TI.

Além disso, o uso do HT (rádio portátil) tem um alcance restrito, não pelo modo (analógico / digital) e sim pela transmissão de energia, em relação ao comunicador do veículo.

Nesse sentido, deve-se avaliar quais equipamentos devem ser utilizados para solicitar socorro durante o incidente com base na distância entre os equipamentos, fato este conhecido por todos os policiais militares que os utilizam.

Destaca-se o híbrido (analógico / digital), de muito mais qualidade, abrangência e proteção dos rádios comunicadores dos veículos, que são obtidos a partir de sinal digital superior ao sinal analógico, impedindo que o sinal transmissor se intercepte.

Ressalte-se que está em andamento a aquisição de todos os equipamentos necessários à modernização da rede de rádios, com o objetivo de aumentar a cooperação da Proteção Pública do Estado, inclusive dos HTs, com Rondônia na vanguarda do uso da tecnologia no combate à violência e para garantir maior segurança à sociedade.

Sesdec reforça sua contribuição para que Rondônia cumpra com eficácia seu mandato, sempre à disposição para prestar esclarecimentos sobre questões de segurança pública.

Fonte: Mixrondonia com informações de Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *