Sexta-feira acontece a Assembleia Geral frente ao CPA podendo resultar em fechamento dos quartéis

Sexta-feira acontece a Assembleia Geral frente ao CPA podendo resultar em fechamento dos quartéis

A probabilidade de cônjuges de policiais militares trancarem as portas dos quartéis em Rondônia nesta sexta-feira (11) pode se tornar realidade se o governador de Rondônia, Marcos Rocha (Sem Partido), continuar a se afastar da categoria, deixando o conselho de associações fora das deliberações do Executivo.

A afirmação é da advogada Ada Dantas, esposa do policial militar e ex-deputado estadual Jesuíno Boabaid, um dos principais organizadores do movimento que já reuniu mais de 500 mulheres de policiais militares em todo o estado.

Segundo Ada Dantas, o fechamento do quartel não é fruto da vontade das mulheres; em vez disso, a persistente relutância de Rocha em se reunir com o conselho de associações de soldados e oficiais da Polícia Militar e Bombeiros Militar pode resultar no fechamento do quartel.

“Não queremos fechar quartéis, não queremos acampar na frente de batalhões porque atrapalha nosso trabalho e deixa nossos filhos desprotegidos”, disse Ada Dantas. “O que pedimos é que o governador honre a polícia e oramos a Deus para que tenha sabedoria para ouvir conselhos de associações”.

Assembleia Geral

Uma Assembleia Geral de grupos representativos da Polícia Militar e dos Bombeiros se reunirá às 15h desta sexta-feira (11), em frente ao Palácio do Governo de Rondônia, na capital, para definir as ações que os cônjuges dos militares farão.

Pode ser repetido

Ada Dantas já liderou uma campanha de cônjuges de policiais semelhantes que resultou no fechamento de todos os quartéis da capital de Rondônia, além de dezenas de outros no interior do estado.

Esposas dos PM’s protestaram com barricadas e pneus vazios, exigindo maiores salários e melhores condições de trabalho. Os protestos chegaram ao fim após um acordo com o governo do estado, que resultou em várias mudanças para a categoria.

Fonte: Mixrondonia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *