Sigilo e discrição: saiba os cuidados para se manter em segurança ao ganhar prêmio da Mega-Sena

Sigilo e discrição: saiba os cuidados para se manter em segurança ao ganhar prêmio da Mega-Sena

As pessoas que tiram a sorte grande e ganham milhões de reais acertando as seis dezenas da Mega-Sena ou outras loterias precisam tomar precauções para retirar e desfrutar o prêmio. Na semana passada, o assassinato de Jonas Lucas Alves Dias, de 55 anos, que havia ganhado R$ 47 milhões em 2020 na Mega-Sena e acabou assassinado, reacendeu o alerta em relação aos cuidados que devem ser tomados por vencedores de concursos milionários.

Para o consultor de segurança Marcy de Campos Verde, a quantia recebida define muito o nível de cuidados que o vencedor deve ter. Ainda assim, ele afirma que “se a pessoa ganhou R$ 1 milhão, ela virou uma milionária, uma pessoa que possui muito dinheiro, então precisa reforçar a segurança da casa, do trabalho, da família e pessoal”.

Sigilo e discrição

Ser discreto desde o momento em que a pessoa soube que ganhou na loteria é essencial, segundo o especialista. Para ele, existem dois caminhos: ou a pessoa muda radicalmente a segurança de todas as áreas da vida ou deixa o local onde vive.

“Quando a pessoa tem um grande patrimônio, para ter tranquilidade, tem que no mínimo mudar de cidade, para um lugar que ninguém a conhece. O problema é que mesmo que o ganhador ache que está sendo discreto e fale para algumas pessoas, que falam para outras algumas pessoas e a coisa vai embora”, disse ao R7.

Campos Verde explica que ter uma pessoa responsável por cuidar da segurança pessoal do sortudo, assim como passar a andar de carros blindados, por exemplo, é de extrema importância para estruturar um esquema eficiente de segurança.

Além de discrição, para o consultor de segurança, também é necessário ser sigiloso sobre sua vida. “O que você faz e o que você usa chama atenção e, às vezes, até mesmo ele [o ganhador] não poderia nem conta para a família sobre o dinheiro”.

Orientações da Caixa Econômica Federal

De acordo com a Caixa, prêmios com valor superior a R$ 1.903,98 são pagos exclusivamente nas agências do banco. O bilhete é entregue ao portador, ou seja, qualquer pessoa que tiver a posse do bilhete premiado pode receber o dinheiro.  Então, é recomendável que o apostador escreva, no verso do recibo da aposta premiada, seu nome completo e CPF.

Dessa forma, ninguém mais poderá retirar o prêmio do verdadeiro vencedor. Em caso de bolão, cada participante pode fazer o mesmo no verso de seu recibo individual de cota.

Os ganhadores também devem ficar atentos às datas. Os prêmios prescrevem após 90 dias da data do sorteio. Depois desse prazo, o valor é repassado integralmente ao FIES ( Fundo de Financiamento Estudantil), conforme Lei no 13.756/18.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Fabíola Perez e Márcio Pinho

R7

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.