Taxa de desemprego cai para 14% no 4º trimestre do ano

Taxa de desemprego cai para 14% no 4º trimestre do ano

O Brasil encerrou o último trimestre do ano de outubro a dezembro com taxa de desocupação de quase 14 por cento. Isso representa 13 milhões e 900 mil pessoas desempregadas segundo os dados divulgados nesta sexta feira pelo IBGE.

O nível é menor do que o registrado no trimestre anterior que foi de 14,6 por cento. A média anual é de três e meio por cento a maior desde 2012. Esse indicador trata apenas das pessoas que estão em busca de emprego. Há uma parcela maior de brasileiros que não têm uma ocupação e por motivos diversos não procura por emprego.

São subutilizados representam 32 milhões de pessoas. O economista chefe da Ativa Investimentos Ettore Sanches avalia que esse número é o que traduz a realidade do país diante da pandemia. Nosso objetivo é o caráter da ociosidade da mão de obra.

O Brasil vou pedir algumas pessoas a possibilidade de procurar emprego e aí ela foi jogada da letra de madeira ou algo entretanto alguma outra pessoa ela gostaria de trabalhar. Logo ela consegue aquele papel com igual dignidade que a recuperação ela ainda vai agradar. Para o economista chefe da Ativa Investimentos Héctor Sanchez a perspectiva é que a taxa de desemprego avance neste ano.

Ele ressalta a importância do enfrentamento com o vídeo 19 para melhorar o ambiente econômico. A primeira prioridade ao trabalho é que a atividade econômica vai ficar esperando alguma novidade não vai adiantou. Ainda segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua Pnad do IBGE e a população ocupada somou 82 mil 2 milhões de pessoas no quarto trimestre de 2020.

Desses 39 por cento estão na informalidade. Somam 34 milhões de trabalhadores. Agência Rádio Web de Brasília Larissa Mantovani. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *