UNIR aponta queda no preço da gasolina e etanol

UNIR aponta queda no preço da gasolina e etanol

Para a maioria dos que abastecem o carro, moto e outros veículos nos postos de combustíveis de Porto Velho, dizer que houve uma queda nos preços soa como brincadeira.

Mas para a surpresa geral foi isso o que ocorreu. Pelo menos, é o que aponta a pesquisa feita pelo Programa de Educação Tutorial (PET), do curso de Economia da Universidade Federal de Rondônia (UNIR). Segundo os dados enviados ao Rondoniaovivo, a houve uma redução de 0,6% no preço da gasolina em dezembro.

Conforme o levantamento, o litro custa, em média, R$ 6,60 em Porto Velho. A diminuição foi em comparação com o mês de novembro.

Já quando analisamos o preço com dezembro de 2020, o preço da gasolina comum teve um aumento de 38,05%. No acumulado dos últimos doze meses o preço do litro teve um aumento de 33,36%.

Aumento       

Já o litro do diesel, com preço médio de R$ 5,63 na capital de Rondônia, teve subida de 0,18% em dezembro, quando comparado com novembro.

Quando se olha para dezembro de 2020, o preço do diesel teve um aumento de 46,31%. Em 12 meses, o preço do litro teve alta de 39,06%.

Álcool/Etanol

O litro do etanol, que custa R$ 6,03 em média, teve queda de 1,79% no último mês do ano em comparação com novembro.

No comparativo com dezembro de 2020, o preço do álcool teve aumento de 57,52%. No acumulado de 12 meses, o preço subiu 47,26%.

Custo-benefício

Segundo o professor do curso de Economia da UNIR, Jonas Cardoso, não vale a pena trocar o álcool pela gasolina em Porto Velho.

“O cálculo de custo-benefício entre os combustíveis demonstra que, pelos preços médios, o preço do etanol corresponde a 91,36% do preço da gasolina comum. Nesse caso, o uso do etanol não é recomendado, a não ser que o custo-benefício seja abaixo de 70%. Levando-se em conta que o preço médio da gasolina comum é de R$ 6,03, então o preço do álcool deveria ser de, no máximo, R$ 4,62”, ponderou ele.

A análise foi baseada nos dados disponíveis pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), que faz a pesquisa nos postos de Porto Velho.
Fonte: Rondoniaovivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *